Quais as melhores motos para trabalhar?

moto para trabalhar

Especialmente nesse tempo de pandemia, investir em uma moto para trabalhar tem sido a saída para a manutenção da renda de muitos brasileiros. Na verdade, trabalhar utilizando uma motocicleta tem sido a estratégia de movimentação de muitas empresas e profissionais liberais já há bastante tempo. A medida de que as cidades crescem, as possibilidades de mobilidade se tornam mais difíceis. Assim, a moto é uma estratégia bastante eficiente para vencer o trânsito caótico com otimização do tempo. Mas, com a pandemia em alta, cresceram também os serviços de delivery. Isso apresentou uma oportunidade de trabalho a quem precisava de um lugar para se encaixar no mercado de trabalho.

Mas, seja para quem já apostava em mobilidade ou para quem está atrás de uma fonte de renda, escolher uma moto para trabalhar é uma medida importante. Como se trata de uma moto de produção, a escolha deve ser baseada em quesitos como peso, mobilidade, economia e etc.

Assim, para facilitar o processo de escolha, selecionamos os melhores modelos de motos para o trabalho.

Honda CG 160 Cargo

Muitas outras motos da Honda são utilizadas para facilitar o trabalho dos motociclistas. Entretanto, quando se trata de moto para trabalhar, a marca desenvolveu a Honda CG 160 Cargo com essa especial finalidade. Quando se trata de motor, a linha é mesma das anteriores. Trata-se de um monocilíndrico de 162,7 cm³ biocombustível, que rende 15,1 cv ao ser abastecida com álcool ou 14,9 cv com gasolina.

Como diferencial dos modelos anteriores, a CG 160 Cargo está preparada para o trabalho com uma suspensão dianteira reforçada e facilidade de instalação de baús para cargas de até 20 kg.

Yamaha Factor 125

Como concorrência quando o assunto é moto para trabalho, a Yamaha apresenta a Factor 125i. Seu principal diferencial está na boa relação entre o custo e o benefício. Sua estrutura conta com rodas liga-leve, partida elétrica, painel digital informativo e autoexplicativo. Apesar do acabamento aparentemente simples, trata-se de um design elegante e funcional, que garante otimização do tempo e do trabalho.

Embora não seja mais tão comum, esse modelo com motor 125 cc. São 11 cv de potência cujo desempenho é suficiente para o tráfego na cidade. Como o ambiente não exige mais do que isso, ao cumprir o limite máximo de velocidade, que geralmente é 80 km/h no perímetro urbano, ela é bastante econômica. Se abastecida com gasolina, chega a fazer 46km/l. Com essas características, a Factor 125i faz-se uma excelente moto para trabalho.

Powered by Rock Convert

Honda Biz

Outro modelo que tem ocupado espaço no tráfego urbano, especialmente entre os entregadores, é a Honda Biz. Além de contar com um sistema de fácil pilotagem, ela é bastante econômica e eficiente. Além disso, para quem passa o dia todo sobre duas rodas, a Biz apresenta um assento confortável, inclusive, guardando debaixo de si um espaço bastante útil para a guarda de objetos pessoais ou cargas.

Seu design e estrutura são acompanhados por um bom desempenho. A versão mais barata, de 110 cc pode rodar até 45 km/l. Essa mistura de economia, produção, espaço, facilidade e conforto faz da Honda Biz uma das mais procuradas para o trabalho.

Haojue DK 150

Apesar de não ser um modelo muito conhecido ainda, tem se mostrado uma boa opção como moto para trabalhar. Como ponto negativo está a escassez de pontos de manutenção e revendas da marca, já que sua atuação no Brasil é relativamente recente. Mas, o seu design street, tamanho e estrutura são uma alternativa interessante para o tráfego urbano. Como ponto de referência de rivalidade está a CG, cuja utilização é mais comum.

A DK 150 possui um motor monocilíndrico de 149 cm³ com rendimento de 11,27 cv e 1,16 kgf.m de torque. Em contrapartida, o modelo oferece um painel digital moderno com indicadores eficientes e funcionais. Além disso, por se tratar de um mercado ainda não totalmente conquistado, o modelo apresenta um preço bastante atraente.

Honda XRE 190

Já consolidada no mercado brasileiro, a Honda figura um dos melhores portfólios quando se trata de moto para trabalhar. Para quem gosta ou precisa de um modelo mais potente para enfrentar o trânsito, a XRE 190 é um prato transbordante. Prova disso é o seu propulsor de 184,4 cm³ biocombustível com 16,4 cv de potência.

Além da potência o seu visual também impressiona. Apesar de ser um modelo com preço mais elevado, cada centavo vale a experiência de uma pilotagem diferenciada sobre confortáveis suspensões de longo curso. Como prova da evolução, esse modelo carrega um QR Code impresso em sua carenagem. Através dele, o proprietário pode acessar quando queira o manual do proprietário referente ao modelo.

Por fim, o mercado motociclístico está recheado de opções para quem precisa de uma moto para trabalhar. Além de caber no bolso do interessado, uma boa moto de trabalho deve promover condições que estejam de acordo com a demanda exigida pelo volume de trabalho.

Que saber mais Entre em contato com a gente!

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
comece a rastrear a sua moto agora mesmoPowered by Rock Convert