Guia para compra de motos usadas

motos usadas

A compra e venda de motos usadas tem sido um negócio recorrente nos últimos tempos. Isso porque, embora a aquisição de meios de transporte seja um desejo e meta da maioria dos brasileiros, nem todos têm disponibilidade do valor total de um novo. Além disso, embora o mercado de novos ofereça muitas facilidades de pagamento, nem todos estão dispostos a assumir a carga de juros que seguem a facilidade. Assim, uma solução prática e bem mais econômica é a aquisição de motos usadas.

Porém, realizar a compra não é um ato tão simples. Na verdade exige cuidadosa pesquisa e análise para que a oportunidade de bom negócio vantajoso não se torne um prejuízo.

Para ajudar no processo de decisão, desenvolvemos este sintético guia. Nele estão os principais aspectos a serem analisados para a garantia de um bom negócio.

Situação Legal da Moto

Ao se interessar por uma moto usada, o primeiro aspecto a se considerar antes da compra é a situação legal do veículo. Esse é um passo muito importante, haja vista a quantidade crescente de furtos e roubos de motos usadas que pode propiciar uma negociação que depois poderá se mostrar criminosa. Por essa razão, desconfiar de preços muito abaixo do mercado tem que ser um hábito que deve ser seguido pelo cuidado da análise da situação legal da moto. E, claro, ainda que o preço esteja compatível a análise deve ser feita atentamente.

Na análise da situação legal de motos usadas o interessado deve considerar a conferência do número do chassi. Como é de amplo saber, aquele que está estampado no veículo deve ser exatamente igual ao que consta no documento. Além disso, esse mesmo número deve estar gravado no motor da moto. Nos casos em que a informação esteja diferente, significará que houve troca de peças, se for o caso, isso deve estar informado devidamente no documento.

Além da conferência do chassi, o comprador também deve observar a placa da moto. Da mesma forma que o chassi, a informação exposta no veículo deve ser compatível com aquela registrada no documento. Da mesma forma, a data estampada na placa deve ser igual à data de fabricação da moto. E mais, a placa deve estar lacrada conforme a obrigatoriedade.

Powered by Rock Convert

Verificadas essas formalidades, a compra de motos usadas deve ser acompanhada de pesquisa sobre sua situação no Detran. Trata-se de uma pesquisa fácil a ser realizada com o número do Renavam impresso no documento do veiculo. Nos casos em que a pesquisa revele alterações na moto, elas devem constar no documento. Por fim, a pesquisa de pendências também deve ser feita frente ao município em questão. Para isso, basta acessar o site da Secretaria da Fazenda da cidade.

Quilometragem Rodada

Este é um quesito comumente analisado primeiro, porque revela muito sobre a moto. Entretanto, na compra de motos usadas nem sempre a baixa quilometragem garante a qualidade do veículo. Isso porque, quando se trata de um veículo parado há muito tempo, por exemplo, talvez ele também não tenha recebido as manutenções e cuidados recomendados. Por essa razão, o ideal é confirmar se há registros de manutenções preventivas e revisões no manual do proprietário.

Como a criatividade do vendedor brasileiro não tem limite, o comprador em potencial deve estar atento a possíveis alterações no registro da quilometragem no painel da moto. Assim, é imprescindível que interessado confira as informações de quilometragem disponíveis com as condições gerais da moto. Por exemplo, a situação dos pneus e do banco podem dizer muito sobre a intensidade de utilização das motos usadas

Vistoria de Motos Usadas

Atendidos todos os requisitos anteriores, é hora de verificar as condições da moto. Essa avaliação deve ser feita em um ambiente aberto e se valendo da iluminação natural do sol a fim de que nenhum detalhe passe desapercebido. Também é importante analisar a tampa do motor que não deve apresentar cor em tom diferente, o que denota tentativa de cobertura de imperfeições. Em seguida, a análise deve compreender uma busca por soldas e trincas, alinhamento do chassi, preservação do conjunto de coroa, corrente e pinhão.

Embora a análise estética seja importantíssima, essas qualidades costuma estar visíveis e, portanto, ser de fácil verificação. Entretanto, o funcionamento das motos usadas é que devem ser minunciosamente pesquisados a fim que não se tenha surpresas posteriores. Para descobrir essas questões, o interessado deve, por exemplo, ligar o motor da moto enquanto ele estiver frio. Isso porque, é nessa condição que ele denunciará problemas, exalando fumaça pelo escape, por exemplo. Durante o funcionamento da moto, ela deve pegar com facilidade e não apresentar barulhos diferentes dos comuns. Por fim, antes de fechar o negócio, é importantíssimo conferir o nível do óleo e se não há vazamentos de qualquer espécie. E, claro, faça o Test Ride para comprovar as impressões reunidas na análise.

Certificando-se de que tudo foi conferido corretamente, é hora de  fazer um bom negócio!

 

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
comece a rastrear a sua moto agora mesmoPowered by Rock Convert