Tópicos

Manutenção

Manutenção preventiva: entenda a importância

Possuir o carro próprio certamente é um sonho comum à maioria dos brasileiros. Mais do que isso, em determinados contextos, o veículo passa a ser cuidado como parte da família. Também, pudera, além de ser um bem de valor, não poucas vezes, também se faz um instrumento de trabalho ou mesmo um símbolo de uma grande realização. Em qualquer que seja a situação, um aspecto deve ser indispensável: a manutenção preventiva.

Mas, tanto quanto necessário, esse assunto também costuma levantar algumas questões. Entre as dúvidas estão, por exemplo, dúvidas sobre a frequência com que se deve fazer manutenções, bem como quais são os pontos principais de observação na hora de fazê-la e sua real importância.

A boa notícia é que essas dúvidas estão com os minutos contados. Isso porque nós reunimos aqui tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Então, é só continuar com a gente até o fim desta leitura para se tornar um expert no assunto também.

O que é a manutenção preventiva?

Certamente, prevenção é uma palavra bastante importante em qualquer contexto. Afinal, quem é que nunca ouviu a máxima “prevenir é melhor do que remediar”?

Quando o assunto é a mecânica e funcionamento de um veículo isso realmente faz muito sentido. Assim, de maneira simples e direta, a manutenção preventiva é o ato de agir de maneira antecipada no que diz respeito às possibilidades de falhas da mecânica do veículo. Em dito popular, seria o ato de trancar a porta antes que o ladrão entre em casa.

Na prática, isso traz à tona a importância de se planejar ações diversas que garantam o pleno funcionamento do seu carro e diminuam as possibilidades de surpresas indesejadas durante trajetos. Obviamente, para ser certeiro e intencional, você precisa conhecer as necessidades do veículo em questão a fim de aplicar a manutenção. Mas, essas informações costumam estar disponíveis, inclusive, no próprio manual do proprietário.

De maneira geral as instruções consideram tempo de uso, quantidade de quilômetros rodados e outros sinais. Tudo isso, obviamente, se baseia em informações sobre a durabilidade das peças e potencial de desgaste durante a sua utilização.

Reprodução Canva
Reprodução Canva

Por que meu veículo precisa de manutenções?

Embora pareça muito claro, nunca é demais se lembrar das razões pelas quais você precisa submeter o seu carro à manutenção preventiva e periódica. Contudo, nunca é demais se lembrar do quanto essa atitude pode significar em benefícios e vantagens para o seu veículo e, logo, para o seu condutor também.

Para promover a economia

De cara, a economia é um dos principais benefícios da ação preventiva de cuidado com o veículo. Isso fica claro quando você pensa nas perdas que uma parada repentina pode causar. Ou seja, quando o seu veículo para de uma vez, e sem aviso prévio, você se vê diante de situações emergenciais que não deixam espaço para muita escolha. Nesses momentos é comum que se gaste muito mais do que se desejaria para corrigir os problemas do carro.

Quando, ao contrário, você se dedica a conhecer o seu veículo e suas necessidades, o impacto financeiro se torna menor. Através da manutenção preventiva do veículo você tem a chance de controlar melhor essa questão. Isso porque, durante as manutenções é possível identificar fatores de desgaste e de risco de quebra.

Assim, ao promover a troca de determinada peça que apresenta desgaste, por exemplo, você pode estar evitando a futura abertura de um motor. Acredite, prevenir sai muito mais barato do que remediar.

Para garantir a segurança

Além de promover a economia, a manutenção preventiva também é um fator de potencialização da segurança. Conforme já está posto, o funcionamento do carro como um conjunto significa dizer que a perda de função desta ou daquela peça pode comprometer todo o desenvolvimento do carro. E, um mau funcionamento é uma porta aberta para a ocorrência de acidentes e incidentes.

Você já imaginou, por exemplo, o desastre que uma pastilha de freio em mau estado pode causar? Da mesma forma, um pneu com desgastes além do permitido pode trazer grandes problemas no trânsito. Isso também pode acontecer por causa de conexões elétricas fora do padrão ou qualquer outro problema que poderia ser identificado com uma simples observação prévia.

Para explorar toda a eficiência

Finalmente, embora hajam outras razões pelas quais se deve garantir a manutenção preventiva de um veículo, esse tipo de ação dá a chance de melhorar a eficiência do carro. Essa é uma questão clara, já que voltamos ao ponto de que, para que tudo funcione perfeita e harmonicamente, cada peça precisa estar em seu melhor estado.

Ao fazer as manutenções na forma e no tempo adequados, você garante que o carro tenha todas as condições de demonstrar tudo o que é capaz de fazer nas pistas. Com as regulagens em seus níveis adequados, por exemplo, permite que você desenvolva a velocidade segura e eficiente que precisa, que economize combustível durante os trajetos e que resista melhor a questões como desníveis nas pistas e outros fatores externos.

 

Com todas essas dicas, você não tem desculpas para ser pego de surpresa. Então, é hora de conhecer as indicações de manutenção preventiva para o seu veículo e se programar para isso. Assim você garante uma boa relação custo benefício, protege a si mesmo e demais participantes do trânsito e, de quebra, ainda contribui com a sustentabilidade.

Clique e saiba como proteger seu veículo!

Estamos com instabilidade no nosso número principal

(31-33734355)

Favor entrar em contato
pelos números abaixo: