Farol de milha para motos: saiba tudo sobre

farol de milha para motos

Ao se observar um veículo, é possível perceber que a estrutura comporta diferentes tipos de luzes que funcionam para diferentes tipos de situações. Elas existem para que a direção seja adequada a cada momento, auxiliando na visibilidade e segurança do motorista. Logo, a mesma segurança é estendida para os demais ocupantes do veículo. O mesmo se aplica quando o veículo em questão é uma motocicleta. Entretanto, luzes auxiliares como o farol de milha para motos deve seguir diretrizes prévias. O descumprimento das regras pode ensejar, inclusive, multas. Por essa razão elencamos a seguir as principais informações a serem observadas por quem deseja utilizar faro de milha para motos.

O Que é Farol de Milha?

O farol de milha é um tipo de luz auxiliar ainda mais potente do que os faróis para neblina. A potência é forçada pela luz branca que ele projeta. Seu formato se faz em um feixe estreito, apontado em linha reta e instalado na parte frontal do veículo. De maneira geral, esse tipo de farol não pode ser utilizado dentro do perímetro de cidades. Mesmo o farol de milha para motos deve ser utilizado apenas em situações em que o condutor esteja enfrentando estradas muito escuras ou trechos com iluminação muito ruim.

Assim, a sua utilização não pode se dar de maneira leviana. Até porque, em virtude da força da luz, o farol de milha para motos pode a vir a cegar condutores que estejam vindo na direção contrária. Assim, apesar de ser um bom auxiliar para a iluminação, deve ter utilização criteriosa e responsável.

Powered by Rock Convert

Farol de Milha Para Motos é Legal?

Esta é uma questão bastante polêmica no mundo do trânsito. Afinal, embora por muito tempo tenha sido permitido instalar farol de milha para motos, uma resolução do Contran tem causado dúvidas e até revoltas sobre o assunto. Isso porque, ao invés de esclarecer, o texto abre espaço para interpretações divergentes. Dessa maneira, a aplicação da fiscalização acaba por ser desigual em situações aparentemente iguais. Assim, de maneira geral, antes de adotar sistemas de farol de milha, é importante saber a determinação do Contran através de resolução e portaria. Ao fazer isso, o condutor evita sanções como multas e advertências.

A maneira correta de procedência ao instalar farol de milhas para moto é incluindo essa observação no documento do veículo. Isso deve ser feito com a apresentação d nota fiscal dos faróis e lâmpadas. Além disso, o serviço deve ser executado em oficina credenciada pelo Inmetro e seguido de CSV confeccionado pela mesma. Feito isso, há ainda uma taxa a ser paga no Detran para que haja a inclusão da informação no CRV e CRLV do veículo.

Portanto, não há ilegalidade na instalação de farol de milha para moto. Entretanto, é necessário seguir a lei quando do ato, o que, se analisando friamente, talvez inviabilize a instalação em virtude do preço a ser pago. Obviamente que essa observação trata-se apenas de uma visão, haja vista que, em alguns casos, o apreço pelo estilo e pela próxima motocicleta vai muito além do investimento financeiro. Nesse caso, cabe a cada um julgar o grau de necessidade e possibilidade que lhe caiba.

Apesar da legislação vigente, muitos condutores e proprietários de motocicletas ignoram as regras e adotam o uso de farol de milha de maneira irresponsável. A grande questão é que a vigilância está atenta a essas questões e pode multar os condutores por essa atitudes. Dessa maneira, caso o condutor teime em realiza o procedimento segundo seus próprios critérios, sem observar a legalidade da ação, estará sujeito a advertências, aplicação de multas, descontos de pontos na habilitação.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
comece a rastrear a sua moto agora mesmoPowered by Rock Convert