Conheça a 3ª geração da Hayabusa

Hayabusa

A famosa Suzuki tem participação importante na história do motociclismo. Inclusive, suas criações trazem aos apaixonados por velocidade, modelos incríveis como a 3ª geração da Hayabusa. Como prova importante do sucesso desse modelo está, exatamente, o fato de ela já estar em sua 3ª versão.

Com seu nome oficial de GSX-1300R, ela é um super exemplar de agilidade, força e ousadia. Trata-se de uma moto empenhada em manter os níveis esportivos que alcançou nos últimos anos.

Embora o Brasil tenha lançado uma versão mais antiga como modelo 20/21, a marca já confirmou o lançamento da 3ª geração da Hayabusa no país. Entretanto, ainda não há informações de preço sobre o produto. Aos apaixonados pela Suzuki, a ideia é acompanhar por aqui e alimentar as expectativas.

Você conhece a Hayabusa? Para saber tudo sobre a terceira geração dessa máquina, continue com a gente!

A História da Hayabusa

De forma bastante autoexplicativa, o nome dado à motocicleta já diz a que veio. Pois, “Hayabusa” é a tradução japonesa de “falcão peregrino”, que nada mais é do que o pássaro mais rápido do mundo. A partir de então, essa tem sido a missão da Suzuki com a manutenção dessa máquina no mercado.

Já há bastante tempo no mercado de motos, a Hayabusa nasceu no ano de 1999. Como é carinhosamente conhecida, a “Haya” ou “Busa” é famosa também como a “Rainha das Estradas”. Ela não é apenas um bonito exemplar da categoria de motos esportivas. Mas, é também uma das mais rápidas existentes no mercado brasileiro.

Desde o seu nascimento, a velocidade alcançada pela motocicleta é considerada espetacular. Afinal, já naqueles anos a motocicleta foi criada para alcançar o limite máximo de 312 km/h. Entretanto, essa velocidade teve de ser limitada em 2001, por causa de restrições legais de importação. Isso, contudo, não diminuiu o caráter desejável da motocicleta. Prova disso é o fato de, ainda hoje, a Hayabusa ser uma das motos mais desejadas no mundo inteiro.

Inovações na Hayabusa 2021

A 3ª geração da Hayabusa certamente não poderia deixar a desejar quanto às versões anteriores. A propósito, inovar a essa altura é uma tarefa relativamente difícil, já que as versões anteriores já são sonhos de consumo dos pilotos. Mas, por incrível que pareça, essa nova versão traz, sim, muitas novidades.

Embora a Suzuki esteja mantendo as linhas de imponência e presença da das versões anteriores, a 3ª geração apresenta um design totalmente inovado. Como exemplo disso tem-se o farol que agora é vertical. Além disso, esse item da moto conta com a ajuda de um canhão de luz na parte inferior. Completando a modernização das luzes, os piscas agora estão embutidos na carenagem que, a propósito, também está totalmente redesenhada. Já na parte de trás, a moto recebe uma lanterna composta de duas partes separadas que funciona com a tecnologia de LED, como as demais luzes da moto.

Para acompanhar a evolução do mundo, a Hayabusa também apresenta avanços tecnológicos importantes. Agora, a moto funciona a partir de três tipos de pilotagem. E, a segurança também recebe reforço tecnológico a partir de uma balança diferenciada e novos freios da Brembo.

Ficha Técnica

Motor
Tipo de motor: 4 tempo, LC, DOHC, 4 cilindros em linha;
Potência: 140 Kw a 9.700 rpm (190 cv);
Torque: 155 Nm a 7.000 rpm;
Deslocamento: 1.340 cm3;
Diâmetro x traçado: 81,0 mm x 65,0 mm;
Emissões de CO2: 157 gr/km;
Consumo: 6,7 l/100Km;

Sistema de partida: Elétrica;
Transmissão: 6 marchas;
Sistema de alimentação: Injeção eletrônica;
Sistema de lubrificação: Cárter úmido.

Chassi
Duplo em alumínio e braço duplo em alumínio;
Suspensão dianteira: Garfo invertido multi-ajustável;
Suspensão traseira: Sistema progressivo multi-ajustável.

Dimensões
Comprimento: 2.180 mm;
Largura: 735 mm;
Altura: 1.165 mm;
Distância entre-eixos: 1.480 mm;
Altura do solo: 125 mm;
Altura do assento: 800 mm;
Peso na ordem de corrida: 264 kg;
Tanque de gasolina: 20 L.

Freios
Freio dianteiro: 2 discos de 320mm, pinças radiais Brembo Stylema 4-pistão com ABS
Freio traseiro: Nissin, pistão disco único 1, ABS

Pneus
Pneu dianteiro: Bridgestone S22 120/70-17 (58W) sem câmera
Pneu traseiro: Bridgestone S22 190/50-17 (73W) sem câmera

Apesar de sua fama, como recordista em ultrapassagem a 300 km/h, as novas versões apresentam um desempenho máximo de 299 km/h. Isso não diminui em nada o desejo dos condutores, já que essa é uma velocidade que não pode ser explorada no cotidiano. Para os pilotos, o simples fato de possuir uma máquina desse nível produz uma descarga de emoções quase tão extasiante quanto a exploração máxima de sua capacidade.

Embora algumas questões de potência possuam as mesmas especificações, as alterações de design e tecnologia compensam tudo. Afinal, a Hayabusa está desde 2008 sem alterações significativas. Enquanto espera pela novidade no país, o condutores se deliciam com a expectativa da chegada dessa máquina.

Se você é um desses apaixonados por potência e velocidade, fique atento aos prazos. Logo logo você vai poder sair por aí pilotando a 3ª geração da Hayabusa!

Leia também:

Triumph Rocket 3 : quanto custa e avaliações

Receba nossas novidades em primeira mão!