Tópicos

combustível

Velocidade e consumo de combustível

Todo mundo sabe que os veículos, de modo geral, costumam ter gastos elevados. E dentre eles, o consumo de combustível é gasto que gera mais pesadelo para todos os motoristas.

Sobretudo, quando o preço está elevado, não é mesmo?

Mas, existem algumas práticas que os motoristas podem fazer diariamente para que o consumo de combustível não seja tão alto assim. Um exemplo é a velocidade que se dirige o veículo.

Mas, será que a velocidade influencia muito no consumo?

É nesse artigo que vamos descobrir mais sobre esse assunto. Siga com a leitura!

VELOCIDADE X CONSUMO DE COMBUSTÍVEL

A relação entre a velocidade que se dirigi um veículo e o consumo de combustível é algo que gera muita dúvida e muitas opiniões entre os motoristas.

Nesse sentido, o grupo Quatro Rodas realizou um teste utilizando quatro modelos de carros diferentes para entender de verdade se essa relação acontece de fato.

Assim, o grupo escolheu os seguintes carros para o teste: Fox 1.0 três-cilindros (82 cv), Grand Siena 1.6 (117 cv), Fusion 2.0 turbo (240 cv) e Azera 3.0 V6 (250 cv).

Antes de iniciar o teste, o grupo abasteceu os veículos no mesmo posto utilizando o etanol para os carros Fox e Grand Siena e gasolina para o Azera e o Fusion. Em seguida, eles calibraram os pneus com a pressão recomendada pelas fábricas.

Diante disso, simularam uma viagem de 200 km no qual o teste analisou o consumo médio em três velocidades constantes (80, 100 e 120 km/h).

A partir dos resultados, eles criaram tabelas cujos indicativos podem ser utilizados para uma comparação caso o teste seja repetido. Assim, é possível rever o ritmo das outras viagens.

Como resultado, mantendo as mesmas condições para todos os veículos, o grupo Quatro Rodas constatou que ao aumentar a velocidade (e mantê-la constante) você diminui o tempo gasto na viagem. Ao mesmo tempo, você pode ter um aumento de 103% no gasto do combustível.

Ou seja, a relação da velocidade x consumo é totalmente verdadeira.

Então, agora você deve estar pensando será que existe alguma velocidade ideal ou será que existe algum cuidado sobre a velocidade que ajuda a diminuir esse gasto?

É isso que vamos falar a seguir.

combustível
Foto – Reprodução: Pinterest

EXISTE UMA VELOCIDADE IDEAL?

Apesar da velocidade em que o motorista dirige o carro interferir no consumo de combustível, o modelo do carro, bem como o seu sistema também é um fator importante que influencia nesse consumo e no dinheiro gasto.

Ainda assim, não existe uma velocidade ideal, pois vai depender também de outros fatores, como:

  • Local predominante onde se dirige o carro (área urbana ou rural, por exemplo);
  • Frequência em que se dirige o carro (todo dia ou 1x na semana);
  • Se o motorista costuma dirigir mais em horários de pico;
  • Se o carro é mais usado só em viagens ou não;

Bom, esses são alguns fatores adicionais que influenciam na velocidade em que o motorista deve aplicar a todo momento enquanto dirige.

Por isso, os especialistas não costumam indicar uma velocidade ideal para que seja gasto menos nesse consumo.

Contudo, existem algumas práticas que, independente, podem ajudar você a dar aquela economizada.

O QUE FAZER PARA CONSUMIR MENOS COMBUSTÍVEL?

Agora vamos aprender algumas práticas que podem ajudar você a economizar.

NÃO ACELERE COM O CARRO DESENGATADO

Você tem aquele hábito de ficar pisando no acelerador com o carro desengatado para esquentar o motor mais rápido?

Viemos te falar que isso é extremamente desnecessário para você e o seu carro. Isso porque além de aumentar as chances de você estragar o motor, você vai consumir combustível de forma indevida.

Outro hábito que também é comum (mas, não deveria ser) é descer ladeiras com o carro no famoso ponto morto.

Essa prática força ainda mais o sistema de freios do seu veículo, aumentando a chances de acidentes. Nesse ponto, o mais indicado é deixar a marcha engatada e sem o pé no acelerador.

Então, além de gastar muito dinheiro com o alto consumo, você pode ter um prejuízo financeiro ainda maior com esses desgastes dos componentes.

RESPEITE A TROCA DE MARCHAS

Em segundo lugar, respeitar a velocidade e a troca de marchas é um conjunto fundamental que vai gerar muita economia.

Logo, se você está em dúvida em qual velocidade você deve realizar a troca de marchas com o seu veículo, basta conferir mais no manual do proprietário.

Portanto, essa prática deve ser realizada de forma correta, pois respeitar o giro do motor para que ele não se sobrecarregue vai ser um diferencial e tanto no seu bolso. Além de aumentar a vida útil do seu veículo.

combustível
Foto – Reprodução: Pinterest

NÃO ACELERE OU FREIE DE FORMA BRUSCA

Por último, a última prática que envolve velocidade é o hábito de acelerar ou frear demais de forma brusca.

O famoso trânsito das capitais são grandes vilões na economia de gasolina. E, pelo fato de andar e parar a todo momento, pode ser que você também precise acelerar ou frear demais de forma brusca.

Como essas ações exigem mais do motor, o consumo de combustível vai aumentar como consequência.

Por esse motivo, mantenha sempre uma velocidade constante seja no engarrafamento, na estrada ou até no trânsito livre.

E caso esteja por muito tempo em um engarrafamento em que o seu veículo está demorando a sair do lugar, desligue o veículo.

Portanto, agora que você já sabe mais sobre essa relação de amor e ódio, basta praticar mais as nossas dicas que o seu bolso e o seu veículo agradecem.

Vamos com uma dica extra?

Você sabia que o sistema de rastreamento veicular permite que você também faça essa análise de consumo e velocidade?

Atualmente, existem muitos modelos que além de proteger o seu veículo, ainda fornecem dados detalhados que vão te ajudar a manter o controle desse consumo. E. ao mesmo tempo, te ajudar ainda mais a economizar dinheiro.

Você se interessou? Clique e saiba como proteger seu veículo.