Tópicos

viajar de moto

Dicas para viajar de moto

Todo mundo sabe que viajar é necessário para recarregar as energias, não é mesmo? Por isso, para os apaixonados por viagem, viajar de moto pode ser uma aventura e tanto.

Afinal, viajar te dá oportunidades de conhecer novos lugares, novas pessoas e viver experiências extraordinárias. E fazer isso sobre duas rodas pode ser ainda mais incrível.

Mas, quem é novo nessa vontade de viajar de moto, certamente, tem várias dúvidas sobre como viajar com segurança.

Pensando nisso, separamos algumas dicas exclusivas para ajudar você. Então, continue a leitura!

REVISE A MOTO ANTES DE VIAJAR

A primeira dica e talvez a mais importante é a necessidade de revisar a moto antes de viajar. Além das manutenções periódicas que devem ser feitas, é primordial que você realize uma manutenção extra antes de viajar de moto.

Pode parecer bobeira, mas fazer essa revisão garante uma segurança ainda maior na estrada. Tanto para você quanto para outros motoristas e pedestres.

Então, revise sempre os pneus, sistema de iluminação, setas, freios, nível de óleo e de água, por exemplo.

Outra ação crucial nesta revisão é calibrar os pneus, conforme manual do proprietário, antes de viajar.

ESCOLHA A ROUPA CERTA PARA VIAJAR DE MOTO

Em segundo lugar antes de embarcar nessa aventura, é escolher a roupa adequada para viajar. Nesse sentido, o motociclista deve estar sempre com capacete fechado, jaqueta com proteções de coluna, ombros e cotovelos, calça feita de material resistente, botas de cano curto e luvas.

Porém, se for um dia de muito calor, o motociclista pode optar por uma jaqueta ventilada para não transpirar tanto diminuindo o desconforto.

Vale ressaltar que todos esses equipamentos de segurança servem para proteger o motociclista caso aconteça situações de grande impacto diminuindo as chances de grandes lesões.

E claro, a pessoa que estiver na sua garupa também tem que usar os mesmos acessórios para proteção.

viajar de moto
Foto – Reprodução: G1

TOME CUIDADO AO ANDAR EM GRUPOS

Outro ponto importante ao viajar de moto é viajar em grupos. Há muitos especialistas que não costumam recomendar uma viagem de grupos muitos grandes, como pode acontecer.

Porém, não há problemas em viajar de moto desde que todos respeitem as normas de trânsito e também se um líder for à frente de todos e outro for no final, ambos com experiência em dirigir em rodovia.

Esse cuidado extra é crucial para que toda equipe tenha um apoio de quem entende do assunto caso aconteça algum imprevisto.

DISTRIBUA A BAGAGEM NA MOTO

Assim como os carros e outros veículos, as motos também possuem um limite de bagagem para transportar. Logo, saber distribuir bem tudo o que você precisa levar é essencial para que a moto não pese muito aumentando as chances de perder a estabilidade e causar acidentes.

Então, para você saber o quanto a sua moto sustenta considerando também o baú, basta verificar no manual do proprietário.

NÃO PARE NO ACOSTAMENTO AO VIAJAR DE MOTO

Durante as viagens, é muito comum ver pessoas paradas no acostamento para tirar fotos da vista, por exemplo.

Contudo, não é indicado parar no acostamento, exceto em casos de emergência, devido o risco de acidentes e assaltos.

Nesse caso, permaneça ao lado de dentro do guard-rail mais longe do tráfego.

TENHA INTERVALOS REGULARES

Viajar de moto é uma super experiência. Entretanto, assim como viajar de carro ou com outro veículo, pode ser bem cansativo.

Por isso, o descanso é fundamental para recuperar as condições adequadas de concentração e reflexos.

Por essa razão, pare sempre a cada 2 horas (e quando achar necessário) em algum posto de combustível ou até mesmo em um hotel, caso tenha na beira da estrada.

Neste intervalo, busque se hidratar, comer algo leve e até mesmo tirar um cochilo.

viajar de moto
Foto – Reprodução: Freepik

NÃO DEIXE O GARUPA DORMIR AO VIAJAR DE MOTO

Se você não costuma viajar de moto sozinho significa que você tem uma responsabilidade duplicada. Não deixe o seu garupa dormir, pois é muito perigoso que ele caia da moto podendo causar um grave acidente.

Lembramos que a legislação atual obriga o garupa a ter, no mínimo, sete anos e estar equipado com os acessórios de segurança como capacete.

EM CASO DE CHUVA, FIQUE EM UM LOCAL SEGURO

Mesmo que você tenha experiência em pilotar moto debaixo de chuva, não é seguro continuar o trajeto da viagem debaixo de chuva.

Além da estrada ficar mais escorregadia, o visor do capacete pode embaçar prejudicando a visão do motociclista. Assim, torna-se muito perigoso para todos.

Portanto, se possível, pare sempre em um local seguro como postos de serviço ou rodoviário. Não pare sob pontos ou viadutos visto que não possuem área de escape.

Quer uma dica extra?

Ao decidir o local de destino, avalie antes todo o trajeto que vai percorrer. Isso contribui para que você saiba melhor onde ficam pontos seguros, caso precise.

 FAÇA A SUA VIAGEM COM UMA MOTO ADEQUADA

Por incrível que pareça nem todos os modelos de moto são indicados para pegar estrada. Geralmente, as motos urbanas não são indicadas para viagem, segundo especialistas. Sobretudo, viagens longas.

Isso porque tem baixa cilindrada e não são muito estáveis apresentando limitações nas rodovias.

TENHA UM RASTREADOR NA SUA MOTO

Por último, um cuidado muito importante ao viajar de moto e estar em lugares que você não conhece, é ter um rastreador na sua moto.

O rastreamento veicular tem como objetivo ajudar na localização do seu veículo em casos de furto e roubo.

Por fim, agora que você já aprendeu todos os cuidados que deve ter antes e durante a viagem, chegou a hora de curtir.

Então, anote nossas dicas e aproveite a sua viagem!

Você quer saber mais como funciona o rastreamento e andar tranquilo por aí? Clique e saiba como proteger seu veículo.

Estamos com instabilidade no nosso número principal

(31-33734355)

Favor entrar em contato
pelos números abaixo: