Tópicos

potência do motor

potência do motor: HP e CV

Quando se vai escolher um veículo, uma das principais preocupações que se denota é quanto à potência do motor. Afinal, essa informação diz muito sobre o carro, inclusive sobre o desempenho e a economia que ele propõe, não é mesmo?

Contudo, para fazer a melhor escolha, é preciso que você conheça quais sejam os principais tipos. E, entre os mais difundidos por aí estão o HP e o CV. Na verdade, não se trata exatamente de tipos de motor, mas de unidades que medem e expressam a sua potência. Por essa razão, vale a pena conhecer suas características e principais diferenciais entre os dois meios de se medir a força.

Então, a fim de conhecer tudo sobre o assunto, você só precisa ficar por aqui até o final desta leitura. Reunimos aqui todas as informações, curiosidades e tudo o que você precisa saber sobre essas grandezas e o seu real valor para o motor do carro.

Por que a potência do motor importa?

Antes de tudo, é importante entender quais são os impactos e a importância da potência do motor no desempenho do veículo como um todo. Afinal, trata-se da capacidade de determinado motor de executar uma tarefa específica em um tempo determinado. Isso quer dizer que, quanto mais potência um veículo tem, menos tempo ele levará para cumprir determinada tarefa.

Obviamente, essas grandezas se relacionam com outros aspectos do veículo também. Juntamente com a potência do motor, analisa-se o peso, a dirigibilidade, medidas da roda, aerodinâmica e outros fatores. Mas, compreender e diferenciar as medidas de potência te colocarão no caminho certo para entender e explorar ao máximo as possibilidades do seu veículo. Aliada a todas as demais particularidades, essa é uma informação de extrema importância.

HP X CV POTÊNCIA DO MOTOR

Embora muita gente acredite que se trate da mesma unidade de quantificação de potência, não é bem assim. Aliás, elas até medem a mesma informação. Porém possuem grandezas e valores diferentes.

No Brasil, utiliza-se a sigla CV (cavalo-vapor) para quantificar a potência do motor. Enquanto isso, em muitos outros países, utiliza-se HP (Horsepower). Embora seus significados se aproximem na língua portuguesa, ao se deparar com uma descrição, deve-se fazer a conta da potência considerando seus valores próprios. Então, vale a pena conhecer as especificações de cada um a fim de não se confundir na hora da análise.

Cavalo-vapor (CV)

O termo escolhido para nomear a medida tem uma razão de ser. Como foi inventada no século XVII, a fim de nomear a potência do motor, a medida recebeu um nome que se referia a um modelo de força na época: o desempenho dos cavalos. Assim, a fim de relacionar o desempenho dos veículos à força das ferramentas de trabalho da época, James Watt assim nomeou a grandeza.

A fim de obter essa potência, a medida considera três variáveis importantes: o tempo, a distância e o peso. Assim, 1 CV (cavalo-vapor) significa que, determinado motor pode erguer, em 1 segundo, a 1 metre do chão, 75 kg. Dessa forma fica fácil chegar ao resultado da leitura que se deseja fazer. Afinal, é só fazer a conta, multiplicando os valores pela quantidade CV de determinado motor.

Ao fim de tudo, você saberá que, quanto maior for a quantidade em CV, mais peso o seu motor poderá mover, a uma distância maior e em menos tempo. Em watts, 1 CV = 735,5 watts.

Horsepower (HP)

Quando falamos de HP, embora ainda estejamos tratando de potência do motor, possui grandezas diferentes. Contudo, também trata-se de uma medida criada por Watt. Aqui, entretanto, utiliza-se o sistema britânica para manifestar os valores. Ou seja, a relação se faz utilizando libras para representar o peso, e pés para contara distância.

A maneira de fazer a leitura é a mesma, e o significado indicado também se repete. Contudo, os valores se diferem, de modo que, se considerado a mesma representação numérica, encontra-se resultados diferentes em Watts.

Nesse caso, 1 HP corresponde a 745,7 watts. É bem verdade que a diferença não é tão grande, porém, merecem atenção na hora de medir a potência do motor.

 

Atualmente, por causa da expansão do uso de veículos elétricos, fala-se muito em Watts como unidade de medida dessa potência. Ainda assim,  estamos longe de tirar do vocabulário automotivo a estimativa em HP ou CV.

Então, a fim de garantir a aquisição exatamente daquilo que se deseja, vale a pena conhecer os conceitos, entender as diferenças e compreender os impactos que cada especificação proporciona. Afinal, a potência mecânica tem relação direta com o torque e outras características do motor.

Ao considerar todas as informações e fazer a conversão devida, você saberá exatamente o que esperar em potência de determinado veículo. Logo, terá também a chance de aproveitar ao máximo todas as possibilidades.

Clique e saiba como proteger seu veículo!

Estamos com instabilidade no nosso número principal

(31-33734355)

Favor entrar em contato
pelos números abaixo: