Nascar: História e curiosidades

Nascar

Se você é apaixonado por competições que envolvem automóveis, certamente este post é para você. Pois, a Nascar – National Association for Stock Car Auto Racing – é um desses exemplares de competições que une velocidade e potência. Assim, essa histórica tradição arrasta milhões de fãs pelo mundo todo, além de ser uma das mais populares dos Estados Unidos.

Na verdade, a Nascar não se trata exatamente de uma competição. Mas, de uma espécie de associação esportiva que sanciona competições que hoje se dividem em três categorias: Cup Series, Xfinity Series e Camping Wrold Truck Series.

Como nasceu a Nascar?

À época do nascimento da Nascar, a William France, fundador da associação, já produzia competições com carros comuns que eram preparados para corridas. Entretanto, não havia regras, o que fez necessário que uma organização se formasse, a fim de tornar a questão em uma competição formal e organizada. Assim, juntamente com Ed Ott, William criou a organização, em 1948.

Em sua primeira edição, a competição contou apenas com carros sem modificações, apenas como foram criados em fábrica. Apenas dois anos após sua fundação, a associação já havia conquistado determinada expressão no mundo automobilístico.

Então, em 1950, a categoria passou a se chamar Grand National e já permitia algumas modificações específicas nos carros, seguindo algumas delimitações de segurança. Após 10 anos de competições começa-se a produzir carros com a finalidade específica de correr na Nascar.

Nascar
Foto Reprodução – Pinterest

Um dos principais fatores de crescimento da competição se deu por causa do interesse de montadoras em divulgar suas marcas. Assim, a fim de promover as vendas de seus carros, marcas importantes como a Ford e a Chevrolet passaram a investir na competição, o que trouxe ainda mais visibilidade para o acontecimento.

De lá para cá, a Nascar passou por diversas mudanças. Desde a maneira de contabilizar a pontuação até o tamanho do percurso, alguns aspectos foram se adaptando com o decorrer do tempo.

A partir da década de 90, criou-se também uma categoria de competição para os caminhões. A ideia era colocar em corrida caminhões pick-up que corriam sob regras criadas especificamente para a categoria.

A história da Nascar traz muitos pontos que denotam o crescimento crescente da competição. Isso trouxe uma atenção bastante expressiva e bastante audiência televisiva. Essa era a década de 2000, onde os espectadores se amontoavam em audiência remota ou mesmo nas arquibancadas do evento. Nessa mesma época, em 2001, a morte do piloto Dale Earnhardt chamou a atenção para alterações importantes nos regulamentos da competição.

Apesar de ter sofrido um considerável declínio, a partir de 2010, a Nascar ainda possui muita expressão no mundo automotivo. E, a fim de recuperar a sua importância no meio, espera-se algumas mudanças significativas para as próximas edições.

Categorias da competição

Em geral, a Nascar se divide em três categorias de competição. Entre elas, a primeira é a Cup Series. Ao longo do tempo, a fim de atender a questões de patrocínios, a categoria passou a adotar outros nomes. Assim, patrocinadores bastante importantes deram seu nome à categoria, tais como: Nextel e Monster Energy.

Nessa categoria, o campeonato é definido a partir de um sistema de pontuação que considera a posição de chegada de cada carro e na quantidade de voltas realizadas. Ao todo são 36 corridas na temporada, com a participação de carros exclusivos da competição, que definem os melhores pilotos e máquinas da categoria.

Nascar
Foto Reprodução – Pinterest

Como uma espécie de acesso à primeira categoria, a Xfinity Series é vista como a segunda divisão da Nascar. É nessas parte da competição que os pilotos são amadurecidos para a primeira categoria. Aqui se tem carros semelhantes aos da Cup Series, entretanto, se apresentam com menos potência.

Por fim, a Camping Wrold Truck Series se apresenta como a categoria de base da Associação. Nesse caso, os veículos utilizados são aqueles que possuem carrocerias pick up. Entretanto, embora os carros possuam estruturas diferentes, carregam igualmente as mesmas marcas de motores das demais categorias.

Curiosidades sobre a Nascar

Nas edições da competição, alguns acontecimentos e informações foram se tornando curiosidades ao longo do tempo. São adaptações e fatos marcantes que formaram a história da Nascar.

Como exemplo disso, tem-se a primeira vitória de um afro-americano na competição. Isso se deu em 1963, através do piloto Wendell Scott.

Nascar
Foto – Reprodução Autoweek

É também curioso saber que os veículos que deram início à competição não se tratavam de veículos modificados, como hoje. Ao contrário disso, as corridas eram feitas com carros comuns, como os utilizados por todos no cotidiano.

Para competir, um piloto da competição não precisa de uma carteira de habilitação formal. Assim, uma licença da própria organização é suficiente para que ele possa dirigir na competição.

Leia também: Conheça os lançamentos de motos do segundo semestre de 2021

Receba nossas novidades em primeira mão!