Guia da Fórmula 1 2021

fórmula 1 2021

Os acontecimentos vividos pelo mundo em 2020 trouxeram à tona discussões sobre como seria o novo normal. Essa discussão permeia questões como trabalho, escola, lazer, cultura, turismo e, claro; o mundo dos esportes. Como não poderia ser diferente, a temporada de Fórmula 1 2021 também levanta essa questão.

Vivendo em um cenário jamais imaginado, a competição mais importante no mundo automobilístico ganha nova versão. Afinal, como tudo o mais ao redor do planeta, a vida pede novas ações.

Com tudo de novo acontecendo por aí, vale a pena conferir quais são as novidades na edição Fórmula 1 2021.

Quando Será a Temporada 2021

O novo cronograma já está traçado há algum tempo. E, conforme a programação preparada, a competição terá o start no GP da Austrália no dia 21 de março.  Apesar das novas diretrizes, a competição segue um calendário estruturado como nos demais anos, com um circuito que conta com vários GP’s pelo mundo.

Depois do início, na Austrália, a próxima etapa é o GP no Bahrain, em 28 de março. Em seguida, a China recebe a etapa da Fórmula 1 2021 no dia 11 de abril, na China e no dia 25 de abril em local ainda a ser confirmado. Já para o mês de maio, a programação segue na Espanha, no dia 9 e em Mônaco, no dia 23. Junho terá parte da história da Formula 1 2021 escrita no Azerbaijão, no dia 6; no Canadá, no dia 13 e na França, no dia 27.

O segundo semestre começa com as etapas da competição na Áustria, no dia 7 de julho e no Reino Unido, no dia 18 do mesmo mês. Em seguida, em agosto, a Hungria recebe o evento no dia 1 e a Bélgica no dia 29. Já em Setembro, haverá etapas com realizações na Holanda, no dia 5; na Itália, no dia 12 e na Rússia, no dia 23.

Outubro começa com todas as emoções da Formula 1 2021 em Cingapura, no dia 3. Depois, é a vez do Japão se preparar para receber o evento, no dia 10. Da mesma forma, o Estados Unidos, no dia 24. E, para finalizar o mês mais movimentado da competição, no dia 31 o México levanta suas estruturas para o acontecimento. Em novembro é a vez do Brasil, no dia 14 e da Arábia Saudita, que é uma grande novidade no calendário, no dia 28.

Por fim, a grande final toma lugar em Abu Dhabi, no dia 5 de dezembro. Para esse grande fechamento ainda há várias incógnitas. Entre elas, a participação do público, por exemplo, é uma discussão. Mas, claro, tudo ainda depende de um ano inteiro de movimentação do vírus, da vacina, da estrutura de saúde e do comportamento mundial.

Novos Protocolos

Embora inicialmente não tenha sido prevista nenhuma alteração, o caminhar da história e a evolução do vírus pediram que alguns ajustes foram feitos. Assim, a Formula 1 2021 vai, sim, adotar protocolos de segurança assim como as demais atividades no resto do mundo.

Até o momento, alguns cuidados já foram transformados em decisões que alterarão toda a estrutura da competição. Obviamente, se tratam de estratégias de proteção e cuidado que, apesar de mudar a dinâmica do evento, pretendem garantir a segurança dos envolvidos na Fórmula 1 2021.

Entre os protocolos, por exemplo, está a determinação de que as corridas sejam realizadas com os portões fechados. Isso significa dizer que, durante a realização das etapas não estarão presentes os patrocinadores e o público. Além disso, as próprias equipes de trabalho deverão ser drasticamente reduzidas, para evitar aglomerações.

Além da restrição de participações, aqueles cuja presença seja indispensável passarão por protocolos rígidos de comportamento. A própria FIA contará com um documento oficial que deverá ser assinado por cada um dos integrantes de equipes. Tudo isso sem falar na obrigatoriedade de testes  de Covid-19 anteriores e durante todo o funcionamento da Fórmula 1 2021.

A fim de diminuir os riscos, neste ano não se verá o tradicional desfile dos pilotos. Inclusive, não faria muito sentido um desfile que não poderia ser assistido pela plateia.  Da mesma forma, a cerimônia do pódio também não poderá ser realizada. Pois, com a dinâmica do distanciamento social, seria algo impossível.

Por causa da diminuição d equipe, certamente os trabalhos também levarão mais tempo para a sua realização. Assim, as equipe terão uma margem maior de tempo de trabalho. A fim de cumprir uma dinâmica eficiente, os pilotos também não poderão escolher livremente seus pneus. Ao invés disso, os próprios patrocinadores disponibilizarão um kit com as variedades pré-definidas por eles mesmos.

Equipes da Temporada 2021

MERCEDES LEWIS HAMILTON (INGLATERRA) VALTTERI BOTTAS (FINLÂNDIA)
RBR-HONDA MAX VERSTAPPEN (HOLANDA) SERGIO PÉREZ (MÉXICO)
MCLAREN-MERCEDES LANDO NORRIS (INGLATERRA) DANIEL RICCIARDO (AUSTRÁLIA)
ASTON MARTIN-MERCEDES LANCE STROLL (CANADÁ) SEBASTIAN VETTEL (ALEMANHA)
ALPINE-RENAULT FERNANDO ALONSO (ESPANHA) ESTEBAN OCON (FRANÇA)
FERRARI CHARLES LECLERC (MÔNACO) CARLOS SAINZ JR. (ESPANHA)
ALPHATAURI-HONDA PIERRE GASLY (FRANÇA) YUKI TSUNODA (JAPÃO)
ALFA ROMEO-FERRARI KIMI RAIKKONEN (FINLÂNDIA) ANTONIO GIOVINAZZI (ITÁLIA)
HAAS-FERRARI MICK SCHUMACHER (ALEMANHA) NIKITA MAZEPIN (RÚSSIA)
WILLIAMS-MERCEDES GEORGE RUSSELL (INGLATERRA) NICHOLAS LATIFI (CANADÁ)

Quer saber mais sobre o assunto? Para isso, fale com  gente!

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right