Quanto custa manter um carro?

custa

Você já deve imaginar que para ter um veículo não basta apenas virar a chave e sair andando com ele por aí. Embora seja um bem de consumo durável, podendo ser usado por vários anos, ele se desgasta aos poucos. Por isso, apesar da comodidade e outras vantagens promovidas, possuir um automóvel ainda está longe de ser um investimento. Neste post, você vai descobrir quanto custa ter um carro. Confira!

Desvalorização

A desvalorização do veículo é um dos primeiros fatores que as pessoas lembram ao calcular quanto custa ter um carro. Esse valor deve ser considerado, no entanto, porque no fim das contas você está pagando – e caro – para ter esse bem, enquanto abre mão de outras coisas que poderia comprar com esse dinheiro, praticamente perdido todo ano. Esse custo de oportunidade, como é chamado na economia, pesa bastante no bolso do consumidor.

Um carro se desvaloriza, em média, na faixa de 10% ao ano. Isso quer dizer que, a cada 12 meses, você simplesmente perde um décimo do valor que pagou na hora da compra. Esse índice pode ser apenas 4,5% no caso do Honda HR-V, o carro que menos se desvaloriza no Brasil, ou chegar a 21,9% como é o caso do Chery Tiggo, que ocupa a outra ponta. Os dados têm base em uma pesquisa da agência Autoinforme.

Considerando o carro mais vendido no Brasil, que é o Chevrolet Ônix, vamos fazer um cálculo simulado. O índice de desvalorização anual deste modelo é de 8,3%. Já o valor dele, na Tabela FIPE, é de R$44.697,00. Dessa forma, o custo por ano apenas com desvalorização é de R$3.700,00.

Combustível

O combustível é o gasto mais frequente dos motoristas, e o primeiro fator a ser lembrado na hora de calcular quanto custa ter um carro. Apesar de haver formas de economizar combustível, este é um custo fixo e bem alto para quem usa regularmente o veículo.

De acordo com a Agência Nacional de Petróleo, a Gasolina tem preço médio de R$ 3,895, o Diesel de R$ 3,221 e o Etanol de R$ 2,663 em todo o Brasil. Considerando esses dados aliados aos números médios de consumo do veículo mais vendido do país, se um motorista roda dois mil quilômetros por mês, por exemplo, ao final de um ano ele vai gastar R$ 9.480,00 com combustível.

Powered by Rock Convert

Impostos

O IPVA, o licenciamento e o DPVAT são taxas anuais que devem ser pagas por proprietários de veículos. A base de cálculo varia porque depende do ano de fabricação e do valor total do bem. Em Minas Gerais, para automóveis, veículos de uso misto e utilitários a taxa é de 4% sobre o valor. Para um Ônix 2016, por exemplo, o IPVA custa R$ 1.450,80. Já o licenciamento tem custo fixo de R$ 92,66 e o DPVAT de R$ 63,69.

Revisão

Como o carro é um bem de consumo, ele se desgasta com o tempo. Isso quer dizer que você terá de, frequentemente, trocar peças e fazer reparos. A cada seis meses, no entanto, é recomendado fazer uma revisão geral para identificar esses desgastes e evitar maiores problemas. Esse custo fica entre mil e dois mil reais em carros populares.

Segurança

Mesmo com todas essas despesas para manter um carro, é melhor pagar um pouco a mais para continuar com ele. Isso porque os equipamentos de segurança evitam que você tenha um prejuízo ainda maior com reparos, imprevistos ou até mesmo a perda do seu veículo.

Um dos itens de segurança mais cobiçados tem sido o rastreador veicular e isso se deve ao fato dos excelentes resultados que este equipamento proporciona. As taxas de recuperação são altíssimas e como, na maioria das vezes, o veículo fica pouco tempo na posse dos assaltantes, as avarias são bem mais difíceis de ocorrer. Além disso, existem vários recursos adicionais que agregam valor ao equipamento e, praticamente cobre os custos.

Claro que quanto mais recursos você adotar, para manter o seu patrimônio seguro, melhor. Então recomendamos a leitura deste post que trata de uma dúvida muito comum que é: Qual a proteção ideal? Rastreador veicular ou seguro automotivo.

Agora que conhece os principais gastos anuais, você já pode calcular quanto custa ter um carro. Para diminuir esse valor você pode adotar medidas estratégicas, como a manutenção preventiva. Ficou com alguma dúvida sobre esse assunto? Comente abaixo.

Carros autônomos: o futuro já é realidade

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.