Como melhorar a pintura riscada de um carro

pintura dos carros riscados

Riscos e arranhados na lataria dos veículos são o pesadelo de muitos motoristas. Por mais cuidado que haja ao dirigir e estacionar o carro, muitas vezes é impossível evitar que esses pequenos danos apareçam com o tempo.

Além de prejudicar a pintura e o visual do veículo, eles podem até diminuir o preço final na hora da venda. Antes de pensar em pintar o carro novamente, no entanto, há opções mais simples e baratas que ajudam a melhorar a pintura dos carros riscados. Saiba mais!

Pintura automotiva

A pintura de um carro é composta por 3 camadas de materiais diferentes: o primer, a tinta e o verniz. Juntos, esses materiais formam uma pintura de menos de 1 milímetro de espessura. Por isso, tanto os riscos quanto alguns procedimentos para reparar os danos podem causar um grande estrago no veículo.

O verniz, que é a parte superficial da pintura, é também a mais “espessa”: tem entre 60 e 70 micras. Para se ter uma ideia, um milímetro possui 1000 micras. No processo de polimento, para devolver ao veículo o brilho e o vigor da pintura, são retirados cerca de 25 micras da espessura do verniz automotivo. Por isso, não é recomendado realizar esse processo mais de 4 vezes durante a vida útil do veículo.

Dicas para melhorar a pintura dos carros riscados

A primeira dica para melhorar a pintura dos carros riscados é saber qual o tamanho do problema. Isso porque alguns riscos podem ser apenas superficiais, enquanto outros ultrapassam as três camadas da pintura. Caso os riscos sejam profundos, você deve procurar um especialista para tomar as providências corretivas possíveis. Se o risco for relativamente pequeno e superficial, no entanto, você mesmo pode repará-lo. Veja o que fazer:

Powered by Rock Convert

Limpe o local

Lavar e secar bem a área arranhada ou riscada é fundamental. Com borrifadas de água no local, você consegue retirar grãos de areia, poeira ou cascalhos que possam estar depositados e evitar problemas ainda maiores.

Lixe com cuidado

Para reparar riscos e arranhões superficiais, apenas a retirada do verniz, que é a camada superficial da pintura, resolve o problema. Para isso, você precisará de uma lixa de grão 2000. Passe na mesma direção do risco, sem se esquecer de enxaguar com frequência para ver se ele já saiu. Qualquer sujeira entre a pintura e a lixa pode causar ainda mais riscos e arranhões à lataria. Ao terminar, enxágue novamente e seque com um pano novo e limpo.

Realize o polimento caseiro

Após aplicar a massa de polimento na área afetada, você deve utilizar o disco da politriz para espalhar o produto uniformemente. Assim que a superfície estiver lisa, o equipamento deve ser acionado em velocidade baixa e constantes movimentos circulares/laterais. Depois, eleve a velocidade.

Lave novamente e aplique a cera

Use uma toalha para retirar os resíduos da massa antes que eles grudem na pintura. Aplique a cera para selar a pintura com uma máquina orbital de polimento e lave novamente a área para ter a certeza de que os riscos ou arranhões foram totalmente removidos.

A remoção de riscos ou arranhões na lataria dos carros pode ser simples e rápida, mas isso vai depender da gravidade do problema. Manter os cuidados com a pintura do carro deve ser uma tarefa constante, já que previne danos e diminui a desvalorização do veículo. Ficou coma alguma dúvida? Comente abaixo!

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fale Conosco