Tópicos

Tesla

Tesla: Conheça a sua história

A montadora de carros elétricos mais conhecida e desejada de todos os tempos com certeza traz uma grande história. Afinal, a Tesla não nasceu valendo US$ 1 tri. E, até chegar a esse marco foram muitos acontecimentos montando a trajetória de sucesso.

Por qualquer que seja o motivo, certamente você admira a evolução automotiva, o crescimento do seu potencial e a sua relação com a sustentabilidade. A propósito, essa é uma das razões para que se acredite que os veículos elétricos são boas opções não apenas para o futuro, mas, para o presente também.

Se é esse o caso, você vai gostar do que temos aqui. Essa é a hora de conhecer a história da Tesla e tudo o que está por trás do seu crescimento meteórico. Para saber tudo sobre o assunto, é só continuar aqui com a gente!

Como nasceu a Tesla?

Com a ideia de mostrar ao mundo o potencial na produção de carros sustentáveis, a Tesla nasceu em 2003, na Califórnia, pelas mãos de um grupo de empresários visionários. À época, os seus fundadores, Martin Eberhard e Marc Tarpenning deram tudo de suas ideias na criação. Mais do que isso, eles próprios financiaram os projetos da empresa até que aparecessem outros investidores. Mas, os dois acabaram deixando a companhia 5 anos depois, em 2008, no mesmo ano em que a empresa lançou o seu primeiro carro elétrico.

Tesla - Reprodução Canva
Foto: Reprodução/Canva

O primeiro investidor significativo apareceu logo. Ele foi Elon Musk, que tinha acabado de deixar o PayPal e estava disposto a se envolver no mundo das evoluções automotivas. Logo o grande nome se tornou o maior acionista da empresa, chegando a fazer parte do conselho de administração da companhia.

Como nem tudo são flores, a Tesla passou por um processo financeiro difícil que quase a levou à falência. Foi, então, sob o comando de Musk que as coisas começaram a se ajeitar. Na posição de CEO, o empresário fez algumas movimentações de vendas e empréstimos que salvaram a companhia.

De lá para cá, com os novos lançamentos e o crescimento do conceito de sustentabilidade, a Tesla tem alcançado números impressionantes. Isso faz o nome da companhia cada vez mais valioso, assim como cada parcela de suas ações.

Primeiro lançamento

Apesar de existir desde 2003, apenas em 2008 o primeiro veículo da companhia foi lançado. Se tratava da primeira versão do Roadster, um esportivo de 2 lugares com base no chassi do Lotus Elise. Entretanto, o motor em questão se tratava de um elétrico com corrente alternada. Através do seu uso era possível que o carro desenvolvesse até 350 km sem precisar de recargas.

Talvez por se tratar de um dos primeiros carros do mundo da sustentabilidade, o veículo encontrou certa resistência. Pois, embora a temática fosse considerada legal, ao que tudo indica, os expectadores estavam esperando mais.

Para o público, o carro pareceu um projeto não terminado, com problemas de finalização. Entre as principais reclamações estava o fato de que os usuários não estariam conseguindo alcançar as marcas prometidas pelo veículo.

Embora tenha enfrentado críticas, o modelo vendeu o suficiente para dar à Tesla a visibilidade que ela precisava. Pois, em todo o mundo foram vendidas mais de 2 mil unidades. Tudo bem que esse não seja um número significativo para o que desejava ser uma produção em massa. Entretanto, foi o suficiente para impulsionar a marca na criação, aprimoramento e lançamento de outros modelos.

Tesla - Reprodução Canva
Foto: Reprodução/Canva

Principais modelos Tesla

Com o pontapé inicial do Roadster, a Tesla encontrou o seu lugar no mercado e seguiu lançando novos modelos de elétricos. O Model S, por exemplo, é um sedã médio capaz de competir com marcas como BMW, e Mercedes-Benz. Não à toa, o modelo já vendeu mais de 200 mil exemplares, o que o coloca na segunda posição no ranking de elétricos mais vendidos da história.

Além do Model S, o Model X também está no páreo dos bons carros elétricos da marca. Esse, lançado em 2015 já tem números impressionantes de vendas. Além disso, a sua própria estrutura impressiona. Pois, trata-se de um modelo considerado grande para a relação com a eletricidade. Ainda assim, apresenta um desempenho impressionante. Com uma autonomia de 465 km, a potência também é um diferencial, já que vai de 0 a 100 km/h em apenas 2,9 segundos.

Por fim, o Model 3 fecha a lista dos principais modelos produzidos pela Tesla. Aqui se tem um modelo projetado com características de popular. Apesar de o preço não ser ainda o que se chamaria de popular, a ideia demonstra que a empresa está caminhando para democratizar o acesso a carros dessa categoria. Embora tenha sido desenhado para ser mais simples que os demais modelos da marca, a marca tecnológica ainda é um diferencial.

Leia também: Financiamento Chevrolet: Saiba tudo sobre

Receba nossas novidades em primeira mão!


Estamos com instabilidade no nosso número principal

(31-33734355)

Favor entrar em contato
pelos números abaixo: