Tópicos

carro autônomo

Carro autônomo: conheça

Tecnologia e evolução certamente são algumas das palavras do momento. E, no mundo automotivo, poucas coisas possuem tanta representatividade nesse aspecto quanto um bom carro autônomo.

Os carros autônomos são o retrato do futuro. Aliás, em muitos países, essa é uma realidade bem presente. Aqui no Brasil, inclusive, alguns modelos têm surpreendido os condutores e apaixonados por carros e pela tecnologia inteligente. Assim, vale a pena conhecer mais sobre o assunto.

Para saber mais sobre essa evolução tecnológica automotiva e a sua contribuição com o mundo moderno, basta ficar por aqui com a gente. Afinal, reunimos o que há de melhor sobre o assunto para que você não perca nada.

O que é um carro autônomo?

De maneira bem leiga e rasa, um carro autônomo é aquele que é capaz de se movimentar sozinho, sem a condução de um humano. Aprofundando melhor no assunto, trata-se de veículos que se valem de um sistema de navegação automático. Assim, a ideia é que tomem decisões baseadas na aplicação de inteligência artificial.

A fim de que funcione corretamente, os self-driving cars, possuem sensores e dispositivos capazes de mapear o ambiente geográfico, posições de outros veículos, obstáculos e presença de pedestres. A partir desses sensores, é possível, então, tomar ações necessárias programadas para cada uma dessas ocorrências.

Embora sempre tenha parecido uma realidade distante, a verdade é que as possibilidades estão cada vez mais próximas de nós. A propósito, empresas como a Google e Uber já trabalham na realização desse sonho futurístico que povoou o nosso imaginário por tanto tempo e, agora, já está por aí.

Como funciona um carro autônomo?

Já adiantamos o quanto os sensores fazem um bom trabalho na locomoção de um carro autônomo. Contudo, há uma boa quantidade de dispositivos que trabalham em conjunto, desempenhando um papel coeso na condução independente do veículo.

Além dos sensores, as câmeras e radares desse tipo de veículo são um grande auxílio no trânsito. Juntos, eles captam informações de semáforos, pessoas e obstáculos. Tudo isso a partir de uma captação de 360º, que faz todo o trabalho difícil.

Todas as informações captadas ao redor são enviadas para a central de controle do veículo. Essa central é uma espécie de cérebro, que consegue identificar o que fazer, a partir das informações reunidas. Com todas essas ajudas, as decisões são rápidas, e as ações seguem essas decisões, o que torna a tarefa ainda mais assertiva e menos propensa a erros.

Reprodução Canva
Reprodução Canva

Principais tipos de carro autônomo

É bem verdade que, os carros autônomos dependem de uma gama tecnológica e de Inteligência Artificial. Afinal, a fim de que tudo seja seguro, é preciso ser coeso também. Assim, há alguns tipos de carros autônomos possíveis, classificados conforme o nível de tecnologia aplicado e de autonomia alcançada.

Nível 1

O carro autônomo de nível 1 conta com uma espécie de auxílio ao motorista. Ou seja, não se trata de um carro que poderá sair andando sozinho por aí. Contudo, nesse nível de automação, o motorista tem possibilidades de ajustes personalizados na condução do veículo. O que facilita em muito a condução do veículo.

Nível 2

Aqui já se tem um nível mais elevado de automação. Inclusive, chama-se de automação parcial esse tipo de aplicação inteligente para os veículos. Como demonstração disso, carros como o Volvo XC60 e alguns modelo da Tesla já se movimentam utilizando pedais automáticos sem a intervenção humana.

Nível 3

O nível 3 traz traz uma espécie de automação condicional. Nesse caso, além dos pedais automáticos, o carro consegue tomar também algumas decisões sobre a direção. Tudo isso a partir de sensores que ajudam a automatizar a condução do carro.

Nível 4

Aqui já temos um carro autônomo quase que em sua totalidade. Nesse caso, a presença do condutor ainda é necessária. Contudo, o próprio carro é capaz de solicitar a ajuda quando necessária. Assim, o motorista pode fazer todo o trajeto de maneira bem mais despreocupada e, claro, mais seguro também.

Nível 5

Finalmente, o carro totalmente autônomo é o resultado que todos estão esperando. Quando se apresenta nesse nível, o veículo já toma todas as decisões sozinho. Ou seja, é capaz de andar por aí sem qualquer interferência humana. Essa é aquela categoria que promete fazer traslados e deliveries com o espaço do motorista vazio. Inclusive, espera-se também desse tipo de veículo, uma eficiente atuação na identificação de perigos e, claro, na resolução delas.

 

Viu, só? Parece que os carros autônomos são um caminho sem volta. Aliás, é por isso que o mundo automotivo espera já há bastante tempo. Então, sim, parece uma excelente ideia ver isso realizado. Ao fim de tudo, espera-se ganhos significativos em algumas áreas do trânsito. Entre elas estão questões como a segurança, a integração com outros veículos, a otimização do tempo, o aumento da mobilidade e a redução do impacto no meio ambiente. Não te parece vantajoso?

Você também pode gostar de ler o blog sobre autonomia do veículo

Clique e saiba como proteger seu veículo

Estamos com instabilidade no nosso número principal

(31-33734355)

Favor entrar em contato
pelos números abaixo: