Perigo: Falhas em airbags ligam sinal de alerta

Airbags de marcas famosas tem falhas em seu funcionamento e podem gerar perigos para motoristas, entenda mais:

O caso Takata:

A Takata foi responsável em 2016 pelo maior recall de veículos na história da indústria brasileira (mais de 3,5 milhões saíram de fábricas com os chamados “airbags mortais”. Isso mesmo, os airbags dessa indústria foram responsáveis por várias mortes ao redor do mundo. Principalmente por conta de explosões e lançamento de estilhaços nas cabines dos carros.

O mais preocupante é saber que nem a metade dos veículos com airbags defeituosos no Brasil foram concertados, ou seja mais de 2 milhões de veículos rodam com esse defeito que gera grande risco para o motorista e para seus passageiros. Confira a lista de marcas e modelos prejudicados e que precisam de recall:

Toyota: Corolla (2002 a 2003, 2002 a 2008, 2007 a 2011, 2009 a 2011, 2014, 2015 a 2017), Hilux (2005, 2006 a 2011, 2015), SW4 (2005, 2006 a 2011, 2009 a 2011, 2015), RAV4 (2003 a 2005), Fielder (2004 a 2008), Etios (2015 a 2017), Lexus ES 350 (2006 a 2011)

Honda: Civic (2001 a 2004, 2004 a 2011, 2012 a 2015), CR-V (2002 e 2003, 2004 a 2011, 2012), Accord (2003 a 2007), Fit (2004 a 2012, 2009 a 2014, 2011 a 2012, 2013), City (2010 a 2014)

Nissan: Pathfinder (2001 a 2004), March (2011 a 2014), New March (2014) e Versa (2012 a 2014), X-Trail (2005 a 2008), Sentra (2004 e 2005), Frontier (2007 a 2014), Livina, Grand Livina e X-Gear (2008 a 2014), Tiida Hatch e Sedan (2007 a 2011), Tiida Hatch e Sedan (2007 a 2012)

Fiat-Chrysler: Fiat Bravo (2010 a 2013), Fiat Uno (2010 a 2016), Fiat Palio (2012 a 2013), Fiat Siena (2012 a 2013), Fiat Grand Siena (2012 a 2013), Chrysler 300C (2006 a 2012), Ram 2500 (2004 a 2009), Jeep Wrangler (2007 a 2012), Jeep Renegade (2016)

Mitsubishi: Lancer Evo VIII (2004 a 2006), Lancer Evo IX (2006), L200 Triton (2007 a 2010), Pajero Full (2007 a 2017)

Mercedes-Benz: SL e SLK (2014)

Bmw: 125i, 320i (2012 e 2013), 328i, 520i, 528i, X1 sDrive20i, X1 xDrive20i, X1 xDrive 28i, X3 xDrive 20i, X3 xDrive 28i, Z4 sDrive 20i (2012 e 2013), 325Ci Coupé, 325i, 330Ci Cabrio, 330i, 525i, 530i, 540i, M3 Coupé, M5, X5 3.0i e X5 4.4i (2002 a 2006 e 2000 a 2003)

Honda motos:  Honda GL 1800 Gold Wing (2013, 2014 e 2015)

Ferrari: California T (2015)

Powered by Rock Convert

Audi: Q5 2.0 TFSI e SQ5 3.0 TFSI (2015)

Subaru: Legacy (2005 a 2010), Outback (2004 a 2010), Tribeca (2008 a 2010), Forester (2008 a 2010), Impreza (2004 a 2010), WRX/WRX STI (2009 a 2010)

Volkswagen: Tiguan (2015)

Ford: Ranger (2005 a 2012)

Renault: Sandero e Duster (2014)

Chevrolet: Agile e Montana (2014 e 2015)

Se o seu carro está nessa lista procure saber se a sua montadora já convocou recall e o que fazer para consertar seu veículo. Já que o airbag é um item de segurança importantíssimo nos veículos.

O caso da TRW:

A marca TRW é famosa no meio automobilístico e produz airbags para grandes marcas no mundo como Toyota, Honda, Kia, Hyundai entre outras. Por isso, uma notícia anda deixando os proprietários dessas marcas muito preocupados. Segundo NHTSA (agência responsável pela segurança e tráfego nos EUA) os airbags podem não se inflar nos acidentes sendo responsáveis por mais de 8 mortes nos EUA.

O caso ainda está sob investigação e por enquanto não existem casos de problemas no Brasil. Mas obviamente devemos aguardas novas notícias de algum recall como foi no caso da Takata.

Seu carro está na lista? Você já fez o recall? Se não, corra!

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Fale Conosco