Carros rebatizados: Conheça a lista dos que mudaram de nome.

carros rebatizados

Estamos tão acostumados com os nomes de determinados produtos e marcas que às vezes não paramos para pensar no impacto que eles têm na nossa atração por eles. Carros rebatizados, você sabia que isso existia?

Bom, nem sempre sabem de primeira… Vamos combinar: criações humanas estão sujeitas a crises de identidade! E assim aconteceu com alguns nomes de carros que acabaram pedindo um segundo batismo.

Esse “rebatismo” nem sempre tem a ver com mudanças na estrutura do veículo, o que deixa a situação ainda mais curiosa e, se você gosta de carros, deve está a fim de saber mais. Nós também! Por isso, vamos te apresentar alguns desses indecisos sob 4 rodas.

Vamos a lista dos carros rebatizados:

1. Volkswagen Fusca

Imagine você, um modelo tão clássico como o Fusca, conhecido e adorado por tantos mesmo com o passar do tempo. Consegue pensar nesse modelo com outro nome? Foi apenas em 1983 que o Volkswagen Sedan, produzido desde os anos 40, ganhou um novo nome: Volkswagen Fusca.

Será que ele seria tão popular se continuasse com o primeiro? Quem sabe…

2. Fiat Mille

Se o Fiat Mille fosse uma pessoa, sua identidade não estaria em bons lençóis. Digamos que ele não se sentiria bem aceito e respeitado socialmente. Por que? Bom, ninguém chama ele pelo nome certo. Você vê um Fiat Mille e logo vem na cabeça: Fiat Uno! No entanto, o modelo mudou de nome desde 1996.

3. Chevrolet Classic

Sem maiores crises ou aleatoriedades, o caso do Classic é bem mais da ordem da praticidade. Para diferenciar a primeira geração do Corsa no Brasil, que continuaria em produção apesar do lançamento de uma segunda geração, mudou-se o nome.

Powered by Rock Convert

Se você parar para pensar, tudo o que a gente chama de “clássico” é porque permanece no tempo apesar do que vem de novo, algo por aí, não é? Nesse caso, não foi diferente para os nomes de carro.

Sendo assim, fez todo sentido que em 2003 a Chevrolet decidisse mudar o nome do Chevrolet Corsa Sedan para Chevrolet Classic, deixando muito clara a sua intenção de apostar na continuidade da produção desse modelo.

4. Nissan GTR

O Nissan GTR, antes Nissan Skyline GTR, foi aquele “cara” que, depois de justo reconhecimento, conseguiu se livrar do embaraçoso nome do meio. Dizem que na época ele declarou ao público o enorme alívio que sentiu ao ter retirado o romântico “Skyline” de seu nome: “afinal, eu sou um modelo esportivo…”.

5. Land Rover Defender

Foi com muita alegria que o antes batizado Land Rover 90/110/127 recebeu o seu nome atual. A impessoalidade de sua primeira definição, apenas se referindo à distância medida em polegadas entre-eixos. Além disso o antigo nome não fazia bem para a sua autoestima. Agora se sente mais valorizado enquanto carro!

Momentos de descontração à parte, a verdade é que se os veículos, por mais que sejam uma paixão, não estão se tornando tão mais humanos. Além disso, eles certamente estão se tornando mais autônomos com o tempo.

Então, agora que você já conhece mais sobre nomes de carro, provavelmente vai gostar de saber sobre este outro assunto. Acesse nosso artigo: Você conhece os carros autônomos? E fique por dentro das novas tecnologias que vem por aí para facilitar nossa vida.

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fale Conosco