Quais as funções de um gestor de frotas?

gestor de frotas

Para você que se interessa pelo assunto, elaboramos uma lista com algumas funções as respectivas habilidades que essa atuação demanda

A profissão de um gestor de frotas não é tão bem definida quanto as tradicionais, como o direito, a medicina e a administração. Esse profissional, que pode ter formações diversas, na realidade, forma-se de fato a partir do trabalho e da busca pessoal pelo aprimoramento.

Para você que se interessa pelo assunto, elaboramos uma lista com algumas funções as respectivas habilidades que essa atuação demanda. Confira:

1. Gestão de equipe e adjacentes

Este profissional é o responsável por organizar e se comunicar com toda a equipe envolvida no trabalho, assim como as adjacentes. Estes seriam, por exemplo, os responsáveis por oficinas, clientes do serviço de frota, dentre outros.

Isso significa que ele precisa ter habilidade para liderar e se relacionar com pessoas em diversos níveis, pois, deverá lidar responsavelmente com diferentes perfis, funções e contextos envolvendo outros indivíduos e grupos.

2. Relacionamento com fornecedores

Um pouco diferente da situação anterior, uma das funções envolve, além do relacionamento interpessoal, o tino comercial. Ao lidar com fornecedores esse profissional também deverá tratar com aspectos relacionados à negociação de serviços e suprimentos.

Essa atuação também demanda competência administrativa, uma vez que ele deverá ter o controle das necessidades de suprimentos e serviços necessários, buscar pelas melhores alternativas e realizar escolhas plausíveis em tempo hábil.

telemetriaPowered by Rock Convert

3. Relatório de Custo e Produtividade

Para o devido acompanhamento da relação de custo e produtividade, isto é, do custo-benefício do serviço de frotas, o gestor deverá produzir os relatórios pertinentes.

Um bom gestor de frotas saberá adaptar a função genérica da produção de um relatório de modo a transformá-lo em uma ferramenta de gestão e desenvolvimento.

4. Gerenciamento de manutenção preventiva

O foco de um bom gestor é na prevenção, de modo a evitar correções. Quanto mais aplicado e minucioso o profissional, mais ele conseguirá identificar possíveis problemas antes que eles aconteçam e evitá-los. Ações desse gênero reduzem custos e economizam tempo.

5. Analisar e propor soluções para dinâmica da frota

Gerenciar quer dizer mais do que acompanhar, organizar e produzir dados, assim como é mais que lidar com pessoas e liderá-las. Para que tudo isso funcione da melhor forma, é necessário análise e iniciativa para novas proposições de acordo com as necessidades.

Nesse sentido, o gestor de frotas deverá ampliar seus conhecimentos básicos na sua área de atuação, em aspectos como legislação, mecânica e elétrica de veículos, sistemas de segurança relacionados, finanças e gestão de pessoas. Portanto, deverá buscar formas efetivas de aplicar esses conhecimentos ao seu contexto.

Essas são algumas das funções do gestor de frotas e habilidades pertinentes para um bom profissional nessa área. Conhece mais sobre o assunto? Possui outros pontos de vista? Conte para nós!

Gestão de frotas: Novas regras para o exame toxicológico

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.