Multas de trânsito em viagens: como evitar

Férias, festas de fim de ano, feriados prolongados ou até mesmo uma folga no fim de semana. Todas essas são belas oportunidades para pegar o carro e cair na estrada com a família. Mas é preciso redobrar a atenção para não acabar sendo multado e transformar os momentos de lazer em muita dor de cabeça. Neste post, separamos algumas dicas para evitar multas de trânsito quando for viajar. Confira:

Revisão

A primeira coisa a se fazer antes de viajar de carro é fazer uma boa revisão. A manutenção preventiva é a melhor forma de garantir o bom funcionamento do veículo e a segurança de todos dentro e ao redor dele. Ela garante, também, que não haverá imprevistos durante a viagem, o que evita gastos não planejados.

Na hora de levar o carro para revisão, peça um check-up completo. Ainda assim, não se esqueça de dar atenção extra a pneus, freios, equipamentos de segurança, palhetas e todo o sistema de iluminação. Justamente por terem importância fundamental, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) prevê multa, pontos na carteira de habilitação do condutor e até a apreensão do veículo em caso de falha, mau estado de conservação ou não funcionamento de algum desses componentes.

Documentação para evitar multas de trânsito

Além de precisar sempre levar consigo o Certificado de Registro Licenciamento Veículo (CRLV) e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o motorista precisa estar em dia com o pagamento das taxas obrigatórias. A falta de pagamento do IPVA impede o motorista de receber o CRLV, que é de porte obrigatório. E mesmo pagando o IPVA, mas não pagando a taxa de licenciamento do automóvel, o condutor pode ser punido. De acordo com o art. 2330 do Código de Trânsito, conduzir um veículo que não esteja registrado e devidamente licenciado é infração gravíssima, sob pena de multa de R$ 293,47 e 7 pontos na CNH.

Powered by Rock Convert

E por falar em CNH, dirigir carro sem possuí-la, com ela cassada ou suspensa, dirigir veículo de outra categoria a não ser a permitida pelo documento e com a CNH vencida são infrações gravíssimas, com possibilidade de retenção e apreensão do veículo, do documento e multas que vão de R$ 293,47 a R$ 880,41 e 7 pontos.

Condução

Grande parte dos acidentes em estradas e rodovias é causada pela imprudência dos motoristas. Alta velocidade, ultrapassagens proibidas e a falta de sinalização também são as principais infrações registradas. Por isso, redobre a atenção e tenha bom senso ao seguir viagem.

Além disso, outros detalhes que muitas vezes passam desapercebidos podem gerar multas de trânsito e dor de cabeça. É o caso do transporte de crianças e de animais domésticos, por exemplo. Mas o condutor deve estar atento a outros fatores, como o transporte de bagagens. Uma resolução de 2010 do Contran regulamenta o transporte eventual de cargas ou de bicicletas conforme a dimensão da carga, da capacidade do veículo e da segurança no geral. O não cumprimento dessas normas pode gerar penalidades previstas em três artigos do Código de Trânsito, conforme as infrações cometidas.

Como vimos, viajar de carro com a família exige vários cuidados com o veículo, documentação e o modo de direção. Com medidas simples e práticas, é possível garantir a segurança de todos e ainda evitar multas de trânsito e transtornos. Você costuma viajar com o seu veículo? Comente abaixo.

Cadeirinha de carro: os 7 principais erros dos pais

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.