Equipamentos de segurança para motociclistas: quais você precisa ter

segurança para motociclistas

De acordo com o Contran (Conselho Nacional de Trânsito), que é o órgão responsável pela regulamentação do Código de Trânsito Brasileiro, a obrigatoriedade de uso de equipamentos de segurança para motociclistas se restringe a poucos itens, mesmo assim sem muitas definições específicas. Isso permite que uma pessoa conduza uma moto usando bermuda e chinelo, por exemplo, sem sofrer nenhum tipo de advertência ou penalidade.

Mas para um meio de transporte que deixa o condutor exposto a um trânsito tão perigoso como o nosso, é necessário cumprir todas as exigências e ainda ir além do obrigatório por lei.  Por isso, neste post, vamos listar quais equipamentos você precisa usar para evitar acidentes e transtornos. Confira:

Capacete

O capacete é o item fundamental para quem anda de moto. Tanto para o piloto quanto para o carona, ele deve ser usado o tempo todo para proteger a cabeça de choques e lesões e o rosto da ação de agentes naturais (sol, chuva, vento, frio). O Código de Trânsito e as resoluções do Contran exigem o uso de capacete com selo do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial), faixas refletoras laterais e traseira e uso de óculos de proteção – este último em caso de capacetes sem viseira. Para os equipamentos com viseira, é proibida a colocação de películas: elas devem ser transparentes quando usadas à noite.

Ao comprar, prefira modelos fechados, ajustados, com viseira ampla e de cores claras, que esquentam menos sob o sol e tornam você mais visível no trânsito.

Luvas

Além do capacete, os outros equipamentos de segurança para motociclistas de forma obrigatória se resumem a “vestuário adequado”, sem definição específica. Mas se você quer mesmo se proteger, precisa dar mais atenção aos outros itens. As luvas, depois do capacete, são os acessórios mais importantes. Isso porque, além de proporcionarem uma melhor pegada nos punhos e manetes, ainda protegem contra o frio, chuva, quedas e sujeiras do asfalto. Opte por um par que confira proteção, ventilação e conforto, sem prejudicar seus movimentos.

Calçados de segurança para motociclistas

Além de garantir aderência para o contato com os pedais, os calçados devem garantir a proteção dos pés contra impactos, quedas e condições adversas, como frio e chuva. Por isso, escolha botas ou tênis reforçados e sem cadarço, para não enroscar na corrente. Chinelo e calçados abertos, nem pensar.

Powered by Rock Convert

Jaqueta e calça

As jaquetas devem tornar o piloto visível e seguro. Isso porque, sendo facilmente visto por outros condutores, a chance de acidente diminui. Mas, no caso de acidente e queda do motociclista, elas devem proteger o tórax e os membros superiores do contato direto com o solo. Já a calça deve proteger membros inferiores, incluindo quadris e joelhos. No dia a dia, a proteção de ambos também inclui a ação dos agentes naturais, como já dissemos acima. Escolha modelos impermeáveis, resistentes e com níveis de proteção de acordo com a sua necessidade.

Antena

O uso de linha com cerol para empinar pipas representa um risco grave para os motociclistas. Em contato com a pele, essas linhas podem cortar como faca, causando outros acidentes e até levando a morte. Para evitar esse tipo de problema, é recomendável a instalação de uma antena corta-fio. Ela funciona como um anzol na ponta, e tem um ponto de corte.

Freios com ABS ou CBS

Desde o dia 1º de janeiro de 2016, parte da produção ou importação de motocicletas no Brasil precisa contar com o sistema ABS ou CBS nos freios. Eles auxiliam na frenagem e trazem mais segurança para motociclistas, evitando acidentes. Até 2019, 100% dos modelos produzidos ou importados aqui vão ter que contar com pelo menos um desses sistemas. Por isso, na hora de comprar ou trocar a sua moto, fique atento.

Seguro e rastreador

O seguro cobre danos ao seu veículo causados por acidentes. Já o rastreador localiza a sua moto em caso de furto ou roubo. Juntos, eles aumentam consideravelmente a sua proteção no trânsito e onde você estiver. Leia mais sobre esses métodos de proteção aqui.

A necessidade de segurança para motociclistas é ainda maior que em outros veículos terrestres. E você, tem outras dicas? Comente abaixo.

7 dicas para ajudar você a proteger sua moto de roubos e furtos

[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
comece a rastrear a sua moto agora mesmoPowered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.